Desde 2000
Todas as manhãs informando o operador do direito
24
AGO

Advogados não precisam mais ir ao Registro de Imóveis para retirar certidões

A advocacia ganhou mais uma facilidade no exercício cotidiano de suas atividades com a criação da Central Eletrônica do Registro de Imóveis. A novidade foi anunciada pelo presidente da Associação dos Registradores de Imóveis do Paraná (Aripar), Gabriel do Amaral, que esteve na OAB Paraná na tarde desta quinta-feira (22), acompanhado de outros representantes da entidade.

A plataforma integra os 200 cartórios de registro de imóveis do Paraná e oferece cinco tipos de serviços digitais – certidão digital, matrícula online, pesquisa de bens, acompanhamento registral e regularização fundiária. O acesso aos serviços se dá pelo site: https://www.registrodeimoveis.org.br/

Os representantes da Aripar foram recebidos pelo presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, e também pelos conselheiros seccionais Mauricio Guedes e Caio Amin e ainda o ex-presidente da seccional Alfredo de Assis Gonçalves Neto.

O presidente da Aripar explicou que a associação surgiu em 2017, a partir da observação da necessidade de melhorar a representação. “Desde então procuramos aprimorar nossa resposta à sociedade, sobretudo por meio de investimentos em tecnologia. Hoje todos os serviços de balcão estão disponíveis online em todos os 200 cartórios de registros de imóveis do estado. Agora a tarefa é fazer com que isso seja feito também em outros estados, pois milita contra nós essa divergência de procedimentos de um estado para outro”, disse. Amaral destacou o investimento da Aripar em treinamentos que buscam a padronização, o domínio de procedimentos em casos de usucapião extrajudicial e a humanização no atendimento ao público.

Grande passo – Para Cássio Telles, a criação do Cartório Virtual foi um grande passo. “É um serviço que facilita muito a vida do advogado”, disse Telles, salientando que o serviço do registro é importante para o cidadão, mas que a preocupação de registradores e advogados deve ser apresentar as informações sempre com clareza e segurança. “Podemos abrir o debate e avançar bastante nesse sentido”, afirmou o presidente da OAB Paraná.

Outras questões envolvendo os cartórios foram tema do encontro, como a defasagem da legislação e o formalismo que entrava os processos. Alfredo de Assis Gonçalves Neto expressou sua preocupação com o prazo para que os registros cheguem a termo, bem como com as despesas que extrapolam o limite do razoável. Também destacou a necessidade de uniformizar os procedimentos entre os cartórios do Paraná.

“Nossa convicção é promover segurança nos negócios imobiliários e facilitar o acesso aos cartórios”, afirmou Amaral. O presidente da Aripar esteve acompanhado do vice-presidente Patrick Gasparetto, do secretário-geral Mário Martins Filho e do diretor de Tecnologia José Eduardo de Moraes.

Fonte: OAB-PR

Últimas Notícias